Não queria tratar de assuntos mais aleatórios aqui, mas acho que vale a pena para agregar informações sobre parkour, então resolvi fazer um pequeno review, do ponto de vista de quem treina Parkour sobre o não tão novo jogo, Mirro’s Edge.

Desde o inicio com os trailers do ME o jogo parecia ser bem divertido e trazer um ponto de vista diferente para os jogos onde o Parkour é bastante presente. Mas como a industria de entretenimento sempre costuma pecar e distorcer as coisas quando o assunto é Parkour, não dei muita bola.

Minha última experiência com um jogo que envolvia Parkour na temática foi o FreeRunning (Reef, Rebellion, Raylight) e foi uma grande decepção pela limitação de utilização dos espaços, e a jogabilidade não ser tão envolvente.

Em dezembro resolvi comprar o Mirror’s Edge para ver como era, não tive muitas dificuldades ao começar no jogo, escolhi o modo Intermediário para me adaptar ao jogo e terminar ele pela primeira vez, no inicio os controles confundem um pouco, e a dificuldade de entender até onde da para interagir com o espaço dificulta o progresso.  Inicialmente um caminho é sugerido para você marcando os obstáculos a serem seguidos em vermelho.

O Jogo começa com um breve tutorial onde você aprende a fazer os movimentos mais básicos, lutar, e desarmar os oponentes, tudo de forma bem simples, depois do tutorial você já consegue fazer bastante coisa.
Quando você está começando no jogo, você sente uma euforia muito grande pelas habilidades que o personagem tem, para quem treina parkour, é impossível jogar sem sentir vontade de sair de casa para treinar um pouco.  Com o passar do tempo você começa a se sentir cansado no jogo, existem fases que passam por longos períodos de fuga, onde não da tempo nem de respirar. Interessante nesse jogo é que você pode escolher o modo pacifico, e não usar nenhuma arma, e terminar o jogo sem dar um único tiro.

Depois de entender o jogo, e saber como funciona o espaço você pode desabilitar a opção Runner Vision e não ter que se preocupar com os obstáculos pré definido do caminho sugerindo podendo inventar seu próprio percurso e sentindo uma grande liberdade digna de um jogo que envolve Parkour.

Outro ponto divertido do jogo é que depois que você termina ele em todos os modos e com todos os troféus ainda não terminou, existe o modo de speed run, onde você cronometra seu tempo nas fases e compara com pessoas do mundo todo, uma fase que passo em 10 minutos, o recordista fez em 1 minuto e 44 segundos, ai é treinar e jogar muito pra superar né?

Em resumo Mirror’s Edge é um dos jogos que melhor passa para o jogador a experiência do parkour de quem está na rua, muitos movimentos são bem reais, e trazem uma sensação ótima para quem joga. Única coisa no quesito Parkour que o jogo me decepcionou é a proporção dos movimentos, saltos são muuuuuuuuuuuuuito longos, e algumas alturas e movimentos absurdamente impossíveis.

Se você se sentir cansado, quiser descansar, estiver doente, ou simplesmente com preguiça, Mirror’s Edge é uma boa opção para se divertir com um Parkour “virtual”.

please install flash
http://www.youtube.com/watch?v=wjCavGK2VQA
please install flash